© All rights reserved. Powered by José Machado.

Bases de Dados Clínicas e de Gestão Hospitalar

Informação geral

Código: 14464
Área científica predominante: Engenharia Biomédica
Regime: Semestral
ECTS: 5
Tipo de ensino: Presencial
Língua de instrução:Português

Carga Horária

Trabalho autónomo:
80  Horas
Aulas:
30  horas  –  Teóricas
30  horas  –  Teórico-práticas

Objetivos de ensino

– Distinguir dados, informação e conhecimento. 
– Aplicar as formas normais e definir conceptualmente o modelo de dados para um problema específico. 
– Escrever interrogações de bases de dados relacionais usando a álgebra relacional. 
– Utilizar a linguagem SQL para administrar, manter e interrogar bases de dados relacionais. 
– Utilizar novos paradigmas de bases de dados, NoSQL Databases. 
– Desenvolver aplicações informáticas que operem sobre bases de dados, incluindo aplicações baseadas na Web.

Resultados de aprendizagem

No final os alunos deverão ser capazes de:
– apresentar e descrever as ferramentas formais para uma especificação rigorosa, verificação e implementação de bases de dados relacionais;
– perspectivar e incentivar o aproveitamento de tais técnicas para a representação e o processamento de dados, informação e conhecimento;
– determinar os dados a representar e como extrair ou criar conhecimento a partir do universo de discurso;
trabalhar sobre diferentes modelos de dados;
– gerir um projecto de implementação de um sistema de dados em todas as diferentes fases;
– administrar um sistema de dados, atendendo a questões de performance, segurança, integridade, optimização e distribuição;
– manipular dados e utilizá-los da forma mais apropriada para a resolução de problemas, usando as ferramentas de bases de dados da Oracle.

 

Programa sucinto

1. Sistemas de informação em ambiente hospitalar
2. Modelo relacional
3. Administração, manutenção e interrogação de bases de dados
4. Introdução às bases de dados analíticas
5. Programação em bases de dados

 

Bibliografia essencial

Connolly, T. & Begg, C. (2005). Database systems: a practical approach to design, implementation, and management. Harlow, Essex, England New York: Addison-Wesley. 

Molina, H., Ullman, J. & Widom, J. (2009). Database systems: the complete book. Upper Saddle River, N.J: Pearson Prentice Hall. 

Ramakrishnan, R. & Gehrke, J. (2003). Database management systems. Boston: McGraw-Hill. 

Sadalage, P. & Fowler, M. (2013). NoSQL distilled: a brief guide to the emerging world of polyglot persistence. Upper Saddle River, NJ: Addison-Wesley. 

Harrison, G. (2015). Next generation databases: NoSQL, NewSQL, and Big Data. Berkeley, California New York, NY: Apress, Distributed to the Book trade worldwide by Springer.

 

Métodos de ensino

As aulas T consistem na argumentação sobre a importância das bases de dados no atual contexto da ciência da computação e da engenharia de software. A exposição das matérias é feita com recurso a meios eletrónicos e a demonstração de resultados. As aulas TP são dadas em laboratório. Exposição inicial sobre os objetivos da aula, com apresentação das metodologias e ferramentas, seguindo-se a resolução de exercícios. Nas aulas TP, permite-se a verificação e aplicabilidade dos conceitos expostos na teórica.

 

Métodos de avaliação

A avaliação da disciplina terá 2 componentes:-Teórica-Teste escrito (TE). -Prática-1 trabalho realizado em grupo (P). A classificação final é determinada pelo cálculo da média pesada das várias componentes: Nota final = TE * (0,5) + P * (0,5) É aprovado o aluno cuja nota final, seja superior ou igual a 10 (dez) valores. Nota mínima de 10 (dez) valores para cada uma das componentes.

 
 
Top